Qual é a importância da anatomia da boca e dos dentes para o corpo?

Tempo de leitura: 3 minutos

O corpo humano é uma grande máquina em que cada parte funciona como uma engrenagem, ou seja, todo o conjunto deve trabalhar em harmonia para a saúde do organismo.

Nesse sistema tão complexo, a anatomia da boca e dos dentes tem papel de destaque.

Assim, quando descuidamos da higienização bucal, estamos propensos a problemas não só na cavidade oral, mas em todo o corpo. Ficar com o dente infeccionado pode trazer sérias consequências, além da cárie.

Quer entender mais como boca e dentes influenciam no bom andamento de todas as funções do organismo? Confira este post e tire todas as suas dúvidas!

Qual o papel da boca e dos dentes para o corpo?

Logo ao nascer, o bebê utiliza os lábios, bochechas e língua para sugar o leite materno. A anatomia da boca é responsável, portanto, para auxiliar sua nutrição e sobrevivência.

Falando em nutrição, é na cavidade oral que se inicia a digestão: o alimento é triturado em pedaços menores pelos dentes e, com o auxílio da língua e a ação das enzimas presentes na saliva, vai se transformar no bolo alimentar.

A anatomia da boca e dentes também é responsável pela fala, permitindo que articulemos diferentes fonemas e com papel importante na respiração.

Mastigar, falar e respirar são ações automáticas que o ser humano realiza. Porém, só acontecem de forma perfeita quando todos os componentes da cavidade bucal estão em ordem e saudáveis.

É só pensar como é difícil se alimentar quando estamos com dor de dente — ou, ainda, como uma afta pode atrapalhar o nosso dia a dia.

Dessa maneira, colocar os cuidados de saúde bucal em primeiro lugar significa qualidade de vida e bem-estar não só da boca, mas de todo o organismo, como explicaremos a seguir!

Como a saúde bucal influencia no bem-estar do organismo?

Muita gente acha que um dente infeccionado não é um problema sério, por isso não se preocupa com os cuidados preventivos de saúde bucal.

Mas saiba que escovar os dentes sempre após as refeições e antes de dormir, usar o fio dental e moderar o consumo de doces são hábitos que refletem na saúde de todo o organismo.

Um dente com cárie que não recebe tratamento pode ocasionar sua perda e isso vai atrapalhar demais a mastigação dos alimentos. O resultado? A pessoa pode começar a ter problemas no sistema digestivo.

A situação pode ser ainda mais grave: uma infecção no dente pode fazer com que bactérias migrem, pela corrente sanguínea, para outras partes do corpo. Se atingem o coração, provocam a endocardite bacteriana — quadro que pode levar à morte.

Quais as principais partes que compõem a anatomia da boca?

Quando falamos nos cuidados com a boca, estamos nos referindo a algumas estruturas principais que compõem essa anatomia e que têm funções específicas, como:

  • língua: auxilia na fala, mastigação e deglutição, levando o alimento para os dentes de um lado para o outro e misturando-o com a saliva. Conta com as papilas gustativas, responsáveis pelo paladar;
  • dentes: são estruturas mineralizadas, formadas por coroa e raiz. Um adulto possui, em geral, 32 dentes e cada um tem uma função específica na mastigação. Os incisivos cortam os alimentos, os pré-molares transformam em pedaços menores e os molares finalizam a trituração;
  • lábios: auxiliam na sucção do leite materno. Ajudam na mastigação dos alimentos, fala e também na respiração;
  • gengivas: garantem a sustentação e nutrição dos dentes.

A anatomia da boca apresenta função essencial para nossa sobrevivência, portanto, é necessário estar atento aos cuidados rotineiros de saúde oral. Seja disciplinado com a escovação e visite seu dentista a cada seis meses. Seu corpo agradece!

Que tal começar a cuidar dos dentes e viver melhor? Conheça 6 dicas de prevenção para ter um sorriso saudável!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *