Descubra como funciona o clareamento dental a laser!

Tempo de leitura: 7 minutos

Dentes amarelados costumam ser bem incômodos, pois além de prejudicarem a aparência do sorriso ainda deixam um aspecto envelhecido, como se houvesse a falta de cuidados. Entretanto, é possível minimizar esse problema por meio de um clareamento dental a laser.

Esse tratamento torna os dentes mais brancos ao eliminar os pigmentos que provocam a alteração da sua coloração natural. Por causa dos seus resultados e eficácia, o procedimento tem sido muito procurado por pessoas de ambos os sexos e todas as idades.

Neste post falaremos um pouco a respeito do clareamento a laser para que você entenda como ele funciona e descubra suas vantagens. Continue lendo e saiba por que essa técnica da odontologia estética faz tanto sucesso!

Como funciona o clareamento dental a laser?

Embora nossos dentes sejam uma estrutura mineral muito forte, eles são compostos por poros permeáveis. Desse modo, quando entram em contato com alimentos ou substâncias que contenham corantes — naturais ou artificiais — esses pigmentos penetram no esmalte e na dentina.

Com o passar do tempo há um acúmulo dessas moléculas e elas provocam uma alteração na coloração natural do sorriso. Os dentes passam a apresentar uma cor mais amarelada ou marrom, além de manchas com diferentes tonalidades.

O clareamento dental a laser é o tratamento indicado para esse tipo de problema. Essa técnica permite eliminar de forma muito rápida e eficaz os pigmentos que se depositaram na estrutura dentária.

Com a associação de um gel clareador e uma luz, são desencadeadas reações químicas no interior do esmalte, que provocam a oxidação dos pigmentos. Eles são convertidos em dióxido de carbono, água e são eliminados de forma natural.

Quais as características desse tratamento?

Apesar do clareamento dental a laser receber esse nome, não é somente esse tipo de luz que pode reagir com a substância clareadora. A técnica também se mostra eficaz com aplicação de LED e até luz ultravioleta, o que proporciona mais opções para o profissional e paciente.

De toda forma, esse nome já se tornou mais popular e praticamente um sinônimo do clareamento que é realizado em consultório. Ainda assim, não há grandes variações entre os métodos utilizados, nem diferenças significativas nos resultados apresentados por cada um.

Para conseguir eliminar os pigmentos depositados no esmalte são realizadas em média três sessões, cada uma com duração média de 45 minutos e um intervalo mínimo de uma semana entre elas. No entanto, o profissional é quem avalia a necessidade de cada paciente e o limite seguro para branquear os dentes.

Isso porque se o clareamento dental a laser não for realizado de forma responsável, ele pode desencadear a sensibilidade dentária. Para evitar que essa complicação ocorra, o dentista utiliza um produto que protege a estrutura dos dentes, para que ela não fique fragilizada.

Como esse procedimento é realizado?

O primeiro passo para fazer um clareamento dental a laser é passar pela consulta de avaliação com o dentista. Ele observará a necessidade do paciente para verificar se esse tratamento será eficaz ou se outros métodos podem trazer melhores resultados.

Depois disso, é feita a profilaxia ou limpeza dentária profissional. O intuito é eliminar todos os resíduos superficiais dos dentes para evitar que haja diferenças de tonalidade após a realização do clareamento.

Com os dentes devidamente higienizados, são agendadas as sessões em intervalos seguros para a saúde bucal e a estrutura dentária. Durante o procedimento, a primeira medida adotada pelo dentista é proteger as gengivas e os lábios do paciente.

Essa etapa é muito importante porque caso o gel clareador entre contato com as mucosas, acontecer reações indesejadas. É por isso que não se aconselha fazer o clareamento dental sem orientação de um cirurgião dentista.

Depois de proteger os tecidos bucais, o cirurgião dentista aplica sobre os dentes um produto que ajudará a evitar a sensibilidade. Ele protege a estrutura mineral para que ela não seja perdida em função da atuação do agente clareador e do laser.

Após toda essa preparação é aplicado o gel, que pode ser à base de peróxido de hidrogênio ou carbamida. No primeiro caso, a sua concentração varia entre 15% e 50%, a depender do seu fabricante.

A luz do laser ou de outro equipamento é usado em seguida para ativar os cristais presentes no clareador. Sua função é aumentar a eficácia desse produto para que se obtenha um resultado ainda mais satisfatório, ou seja, ele potencializa a ação branqueadora para garantir que todas as moléculas de pigmentos serão destruídas.

Transcorrido o tempo necessário para que ocorram as reações químicas, o dentista faz a higienização dos dentes e da boca do paciente e a sessão é finalizada. É fundamental que o indivíduo tenha o cuidado de evitar alimentos com corantes e siga as recomendações do profissional para prevenir complicações com os resultados alcançados.

Quais os resultados e vantagens do clareamento dental a laser?

Um dos principais atrativos do clareamento dental a laser são os resultados rápidos que ele oferece. Além disso, essa técnica também traz outros benefícios e vantagens que a tornam interessante para quem deseja dentes brancos e com aspecto saudável de uma forma muito prática.

Confira a seguir alguns pontos positivos desse procedimento, que merecem ser ressaltados!

Proporciona resultados muito rápidos

Assim que termina a primeira sessão de clareamento o paciente já pode perceber diferenças na tonalidade dos seus dentes. Isso porque a atuação do gel e da luz é instantânea. Então, embora não tenha sido alcançado ainda o tom desejado, o sorriso já fica muito mais claro do que quando o paciente entrou no consultório.

Demora pouco para ser finalizado

Como são necessárias em média três sessões para eliminar o acúmulo de pigmento nos dentes, cada uma tem intervalos de tempo muito pequenos e uma duração curta também, o tratamento exige um período curto de tempo. Dessa forma, o paciente não precisa esperar muito para ter o sorriso que tanto deseja.

Apresenta alta eficácia

Os produtos utilizados para fazer o clareamento dental a laser são muito eficazes e sempre conseguem eliminar o acúmulo de pigmentos. Isso significa que o paciente alcança os resultados previstos pelo dentista. Mas é importante saber que isso sempre ocorre de acordo com as características e o tom natural dos dentes de cada pessoa.

É um tratamento sem dor

Esse tratamento não é invasivo porque não exige anestesia, não utiliza brocas nem outros instrumentos que possam causar dor. Por isso, se trata de uma técnica muito confortável para o paciente e que não oferece riscos de complicações quando bem realizado por um dentista.

Perceba então que o clareamento dental a laser é uma ótima opção para quem deseja alcançar resultados rápidos e mudar a aparência do seu sorriso. Apenas tenha o cuidado de realizar esse tratamento com um profissional experiente para que você possa desfrutar somente dos benefícios que ele oferece.

Deseja valorizar seus dentes e sua imagem? Então entre em contato conosco e saiba mais sobre o clareamento dental e outros tratamentos que temos a sua disposição!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *