Sangramento de gengiva: o que pode estar acontecendo?

Tempo de leitura: 3 minutos

Se você nota que há sangue na hora de escovar os dentes ou quando morde alguns alimentos, como a maçã, você está com sangramento de gengiva. É um problema comum e muita gente não dá importância, porém, é preciso saber qual a sua causa e tratar. Caso haja evolução desse quadro, pode ocorrer até a perda de um dente.

A boa notícia é que é fácil prevenir esse sangramento bucal. Quer saber mais detalhes sobre esse assunto? Acompanhe nosso artigo!

É normal a gengiva sangrar?

Muitas pessoas convivem com o sangramento de gengiva por anos sem se preocupar. Entretanto, não é normal que isso aconteça.

Uma gengiva saudável apresenta a cor rosada, fica junto aos dentes e não sangra quando encostamos a escova de dente ou o fio dental.

Quando há sangramento, é sinal de que ela está inflamada, ou seja, indica que algo não vai bem com o nosso corpo. Nessa condição, ela fica mais escura, sensível e pode ter um odor desagradável.

É importante que a gengiva esteja sadia, já que ela protege os dentes e estrutura óssea principalmente contra a ação de bactérias.

Sinal de alerta

Esse quadro de inflamação indica gengivite que, caso não tratada, pode evoluir para a periodontite, doença que compromete as estruturas de sustentação dos dentes. Eles ficam moles e podem até cair.

O sangramento também pode ser causado pela carência de algumas vitaminas ou ser sinal de doenças mais graves, como a leucemia.

Por isso, a qualquer sinal de sangue, é importante procurar o dentista. Problemas bucais podem ser um risco grande de complicação para pacientes com doenças cardíacas e respiratórias crônicas.

Quais as causas para o sangramento da gengiva?

Na maioria das vezes, o problema é causado simplesmente por uma higienização bucal malfeita. É preciso escovar os dentes sempre após as refeições e antes de dormir, passando o fio dental, para alcançar todos os cantos da boca.

Uma escovação ineficiente tem como resultado o acúmulo de placa bacteriana e tártaro, o que causa a inflamação da gengiva e seu sangramento.

Muita gente deixa de passar o fio dental porque percebe que a gengiva sangra e isso é um erro, já que seu uso constante vai conseguir sanar o problema e deixar a boca saudável.

Porém, há outras causas para o sangramento da gengiva:

  • muita força na escovação: não é preciso forçar a escova contra os dentes e gengivas. A limpeza será eficaz mesmo com uma escovação suave. Verifique também se não é necessário trocar a escova de dente por uma com cerdas mais macias;
  • falta de vitamina C: essa deficiência nutricional tem o nome de escorbuto e se caracteriza por hemorragias e inflamação nas gengivas;
  • deficiência de vitamina K: esse nutriente tem ação anticoagulante;
  • gravidez: devido às alterações hormonais, as grávidas são mais propensas a sofrer com inflamação na gengiva;
  • próteses: quando não estão bem encaixadas podem causar sangramento na gengiva.

Como tratar e prevenir o problema?

É preciso procurar um dentista que dará a orientação necessária. Normalmente, o quadro melhora com a escovação regular e correta. Em alguns casos, a recomendação é com a alimentação, que deve ser rica em nutrientes.

Se o sangramento for causado pela prótese, é importante corrigir o problema, procurando o dentista para fazer uma peça nova, que se encaixe naturalmente na boca, ou ainda colocar implantes.

As gestantes devem ir à consulta odontológica para tratar a inflamação, visto que é um fator de risco para o parto prematuro.

Caso o sangramento indique outro problema de saúde, é necessário procurar também um médico.

Fique sempre atento a qualquer alteração bucal. O sangramento de gengiva, por exemplo, pode ser prevenido facilmente. Seja disciplinado com a escovação dos dentes e visite regularmente o dentista.

Agora você já sabe como prevenir e tratar esse problema bucal. Caso tenha outras dúvidas, deixe seu comentário!

1 comentário


  1. ja tive problemas com sangramento da gengiva, na época o médico me indicou o periogard é um enxaguante bucal, resolveu meu problema em umas 2 semanas.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *