7 hábitos que prejudicam sua saúde bucal

Tempo de leitura: 3 minutos

Na busca pelo sorriso perfeito, muitos pacientes desejam realizar tratamentos odontológicos de alta tecnologia e procedimentos que geram resultados instantâneos e duradouros.

Mas, a verdade é que, muitas vezes, são os pequenos hábitos do dia a dia que têm um impacto negativo na saúde bucal e na preservação da estrutura dentária ao longo da vida, sabotando os planos desses indivíduos.

Quer descobrir quais os 7 hábitos que mais prejudicam a sua saúde bucal? É só continuar lendo o post! Confira!

1. Fumar

O cigarro é um dos maiores inimigos para a saúde de todo o organismo, e para os dentes isso não poderia ser diferente. Quem fuma costuma ter os dentes mais amarelados, mau hálito, doença periodontal, boca seca e cáries, além de um maior risco de desenvolver câncer de boca e de garganta.

2. Não trocar a escova de dentes

É necessário ter uma boa escova de dentes para realizar uma limpeza adequada durante a escovação. Por mais que isso signifique investir em um modelo mais caro com cerdas especiais, é importante considerar se a escova já não ultrapassou sua vida útil e precisa ser trocada.

A troca deve ser feita a cada três meses ou sempre que a escova apresentar sinais de uso como cerdas desalinhadas, quebradas ou muito espaçadas.

3. Comer alimentos duros

Mesmo quem possui dentes naturais e fortes tem o risco de fraturá-los ao ingerir alimentos muito duros e resistentes, como rapadura, bala, torresmo, pé de moleque e pirulitos. Dessa forma, todo cuidado é pouco e o ideal é que esses alimentos sejam evitados para a proteção da integridade dentária.

4. Ingerir refrigerante

Além de ter uma alta quantidade de açúcares e contribuir para o surgimento de cáries, o refrigerante também tem um pH baixo e ácido, que danifica a estrutura dentária.

Esse processo, denominado de erosão ácida, faz com que os dentes percam a sua camada de esmalte mais superficial, ficando sem brilho, amarelados, sensíveis, com as pontas transparentes e mais suscetíveis a cáries. Como essa camada não consegue se regenerar, esse dano acaba sendo permanente e irreversível.

5. Roer unhas

A estrutura dentária não foi feita para quebrar e triturar a unha e acaba sofrendo danos (trincas, lascas e fraturas) quando o paciente tem esse hábito.

Ao colocar as unhas na boca, o indivíduo ainda entra em contato com todas as bactérias, fungos e impurezas presentes nos dedos, aumentando o risco de infecções.

6. Usar palito de dentes

O palito de dentes já está em desuso há anos devido às regras de etiqueta à mesa, mas há quem insista em utilizar esse pequeno utensílio para retirar restos de alimento dos dentes. O grande problema, no entanto, é que esse hábito pode provocar pequenas lesões nas gengivas e acabar gerando um problema ainda mais sério.

7. Usar escova de dente com cerdas duras

O mito de que escova com cerdas duras gera uma limpeza mais completa é comum entre a população. Mas, na verdade, o excesso de atrito pode provocar lesões gengivais, sangramentos, desgastar o esmalte dentário e, ainda, provocar retração gengival, que pode evoluir para a perda dentária.

Lendo nosso artigo, você notou que está praticando algum hábito que prejudica sua saúde bucal? Está com alguma dúvida a respeito? Conte aqui nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *