5 boas indicações de implante dentário em Belo Horizonte

Tempo de leitura: 7 minutos

A falta de um ou mais dentes é um problema para a qualidade de vida, a saúde bucal e a autoestima da pessoa afetada. Por isso, neste post, vamos trazer para você algumas boas indicações de implante dentário em Belo Horizonte.

Continue lendo o artigo e entenda como esse tratamento é feito, quais são os benefícios de realizá-lo e ainda confira alguns fatores que vão lhe ajudar a realizar um implante de forma segura e obter os resultados esperados!

Como é feito o implante dentário?

É comum as pessoas confundirem implantes dentários com dentaduras ou outros tipos de próteses, porém esses tratamentos são distintos. Na verdade, o implante é considerado, entre as formas de substituição de dentes faltosos, a técnica mais eficaz.

Isso porque ele não substitui somente a coroa do dente, ou seja, a parte que fica para fora da gengiva e que podemos ver. O implante também substitui a raiz do dente perdido e, por isso, sua fixação é muito melhor.

Portanto, com esse tratamento, a pessoa terá um dente artificial em sua boca, mas com “raiz” como um dente natural e que não sairá de lá como acontece com as próteses móveis. A segurança para falar, comer e sorrir é maior do que nos demais tratamentos.

Para colocar um ou mais implantes, o paciente passará pelos seguintes passos:

Avaliação

Antes de dar início ao tratamento, o paciente precisa passar por uma consulta de avaliação com um bom profissional. Nessa consulta, ele avaliará as condições da saúde bucal da pessoa para verificar se é possível que ela faça implante.

Também fará perguntas sobre sua saúde geral, porque, em certos casos, as condições orgânicas do paciente são um impedimento para que ele coloque implantes.

Por isso, é fundamental se consultar com um especialista responsável e experiente, além de não omitir nenhum detalhe.

Preparação

Na fase da preparação, o paciente passará por alguns exames e fará a limpeza dos dentes no consultório. Em alguns casos, pode ser necessário fazer enxertos de gengiva ou de tecido ósseo.

Esses métodos só são adotados caso o paciente não tenha tecido suficiente para sustentar o pino do implante, que servirá como raiz para a prótese que virá a seguir.

Por isso, não são todos os casos que precisam disso, mas as chances aumentam conforme aumenta o tempo entre a perda do dente e a procura pelo tratamento, porque há perda de tecido.

Colocação do pino

Quando o paciente estiver pronto para a cirurgia, o implantodontista fará a colocação do pino no tecido ósseo. Essa cirurgia consiste em fixar no osso que sustenta a raiz do dente um pino de titânio.

Ele se assemelha a um parafuso, porém, seu material de confecção é biocompatível, o que significa que o corpo não entende como algo estranho, então, não há rejeição. O pino ficará preso ao osso e, com o tempo, sofrerá a osseointegração.

Isso significa que dentro de alguns meses o pino estará envolto por tecido ósseo e, por isso, o implante não sai do lugar. Ele passa a fazer parte da arcada dentária do paciente e servirá como base para colocação do dente artificial.

Colocação da prótese definitiva

Como dito, o pino é a base para colocação do dente de fato. Então, depois que a osseointegração estiver completa, o dente definitivo é colocado sobre o pino. Essa prótese é chamada de coroa e, geralmente, confeccionada em porcelana.

Ela é feita sob medida para cada pessoa e tem formato e tom semelhantes aos dentes naturais do paciente. A intensão é que não seja percebido que é artificial, por isso, o trabalho estético é tão importante quanto o funcional.

Quais são os benefícios desse tratamento?

Os benefícios estéticos costumam ser os mais apontados nos tratamentos de implante dentário. Embora esse fator seja essencial de ser alcançado, já que afeta a autoestima da pessoa, os benefícios do tratamento vão muito além.

A falta de dentes traz prejuízos para a mastigação, porque mesmo quando apenas um dente está em falta, há a sobrecarga dos demais para que cumpram a função desse faltoso.

Também a mastigação pode ficar comprometida, já que a comida pode não ser triturada adequadamente para ser enviada para a digestão. Com isso, a pessoa pode sofrer desconfortos e complicações gástricas.

Dependendo de qual dente está em falta, o paciente sente dificuldade para falar. Isso porque os dentes ajudam na articulação de alguns sons e se eles não estão ali, então a pessoa pode se sentir envergonhada ao se comunicar por não conseguir falar direito.

Por essas e outras razões é que, a seguir, deixaremos para você algumas boas indicações de implante dentário em Belo Horizonte.

Afinal, para ter sucesso nesse tratamento, é preciso escolher uma boa clínica para realizá-lo e ainda tomar alguns cuidados para não sofrer complicações.

Quais são as indicações para realizar um bom implante em Belo Horizonte?

Para que você alcance os resultados que deseja com o implante dentário e não haja nenhum risco para a saúde bucal, veja as dicas que preparamos para lhe instruir sobre como proceder nesse tratamento:

1. Fazer o planejamento

Como dito logo no começo do artigo, o primeiro passo para ter sucesso no implante é obter a aprovação do dentista para realizá-lo.

Por isso, converse abertamente com ele e fale sobre problemas que possa ter, como diabetes, ou se é fumante, porque certas condições atrapalham o sucesso do tratamento. Ele fará o planejamento do caso, após avaliação clínica e de outros exames radiográficos.

2. Estar ciente dos riscos

Informe-se sobre os possíveis riscos de fazer implantes, como inflamações e infecções que levam à rejeição do pino. Isso vai lhe ajudar a tomar os cuidados devidos.

3. Seguir as recomendações para o pós-operatório

Para o pós-operatório de implantes, o dentista fará diversas recomendações e todas devem ser seguidas à risca. Isso vai desde a alimentação correta, a dosagem e horário dos remédios, até a melhor posição para dormir.

Ter disciplina evitará complicações na cicatrização e osseointegração.

4. Respeitar os prazos de retorno

Seu dentista vai querer acompanhar de perto a cicatrização do tecido e a osseointegração. Por isso, respeite os prazos de retorno que ele solicitar, para que possa avaliar as condições da saúde bucal e tomar providências caso seja preciso novas intervenções.

5. Escolher um profissional experiente

E, por fim, esse tratamento é uma cirurgia, portanto, um método invasivo. Então, não há como falar sobre boas indicações de implante dentário em Belo Horizonte sem lhe dizer para procurar um profissional experiente e respeitado.

Na Odonto Ágape, você encontra esses profissionais para lhe darem todo o suporte que precisa para fazer o tratamento de implantes.

Nossos especialistas são qualificados e experientes, aptos para não somente cuidar da sua saúde bucal, como para esclarecer suas dúvidas e você realizar o tratamento com segurança e confiança.

Porque queremos lhe dar boas indicações de implante dentário em Belo Horizonte é que reforçamos a importância de contar com bons profissionais.

Afinal, o implante é um tratamento eficaz para substituir dentes faltosos, mas precisa ser feito por mãos experientes para que os resultados sejam satisfatórios e funcionais para o paciente.

Para complementar seus conhecimentos sobre esse tratamento, que tal continuar no blog e ler o post com mitos e verdades sobre implante dentário?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *