Tipos de aparelho ortodôntico: conheça os principais modelos e suas funções

Tempo de leitura: 3 minutos

O tratamento ortodôntico é a solução para pacientes corrigirem o posicionamento dos dentes e ossos maxilares. Os resultados são surpreendentes: um sorriso alinhado que tem impacto na estética e, em alguns casos, até na mastigação e respiração.

Crianças, jovens e adultos podem se beneficiar do uso desses dispositivos, porque as opções de modelo variam de acordo com o problema a ser tratado e o resultado que se pretende atingir.

Neste artigo, vamos mostrar os tipos de aparelho ortodôntico e suas funções. Acompanhe a leitura e descubra os detalhes de cada um!

Aparelho fixo

É o tipo mais tradicional e conhecido das pessoas. É o aparelho ortodôntico que ganha a fama de sorriso metálico, por conta de seus fios, bandas e bráquetes. Ele consegue fazer a movimentação gradual dos dentes para a posição correta.

Como não pode ser retirado, é preciso ter atenção redobrada à sua higienização para evitar que restos de alimentos fiquem grudados em seus componentes, o que pode levar à cárie.

Aparelho fixo estético

Tem os mesmos componentes e trabalha da mesma forma que o aparelho ortodôntico fixo, mas, como o próprio nome já diz, conta com uma vantagem estética. Isso porque seus componentes são transparentes, feitos de policarbonato, cerâmica ou safira.

A pessoa faz o tratamento ortodôntico de forma discreta porque o aparelho é quase que imperceptível, já que suas peças têm a cor dos dentes.

Aparelho autoligado

Um tipo de aparelho fixo que também apresenta uma vantagem estética é o aparelho autoligado, porque ele não utiliza as borrachinhas coloridas, comuns no aparelho tradicional.

Os bráquetes são menores, têm tecnologia mais avançada e ficam diretamente ligados ao arco, o que facilita a movimentação dos dentes e a higienização, além de tornar o aparelho mais discreto.

Alinhador transparente ou “Aparelho Invisível”

O alinhador transparente também tem a vantagem estética de não aparecer no sorriso, porque é quase invisível. São produzidos por meio de softwares que garantem sua medida exata de acordo com a arcada do paciente.

Além de apresentar a mesma função do aparelho fixo, tem o diferencial de ser removível, ou seja, é mais confortável e o paciente pode retirá-lo na hora das refeições e para fazer a limpeza. Uma praticidade para o dia a dia.

Aparelho lingual

O aparelho ortodôntico lingual também promove a movimentação gradual dos dentes, mas não aparece, isso porque ele é instalado na face interna dos dentes.

É uma ótima opção para quem se preocupa com a aparência ou para pessoas que praticam algum esporte de contato e podem se machucar com os componentes do aparelho fixo.

Aparelho móvel

São dispositivos removíveis ortopédicos utilizados por crianças no período de crescimento a fim de obter alterações ósseas. É um aparelho que precisa da disciplina do paciente, pois é necessário usá-lo de forma integral.

Aparelhos de contenção

É um tipo de aparelho móvel usado após o tratamento com aparelho fixo, para evitar que os dentes voltem à posição anterior. São utilizados pelo período estipulado pelo ortodontista até que os dentes atinjam a estabilidade.

Aparelho herbst

É um aparelho ortopédico que tem o objetivo de corrigir desequilíbrios dentários e mandibulares, fazendo a mandíbula avançar.

É utilizado durante a fase de crescimento e, como não pode ser retirado, não exige a cooperação do paciente como acontece com os aparelhos móveis.

A ortodontia evolui constantemente e desenvolve aparelhos  objetivando sempre resultados melhores e o conforto do paciente. Dessa forma, existem hoje diferentes tipos de aparelho ortodôntico, com variação de função, modelo, método e materiais.

Você conhecia os principais tipos de aparelhos ortodônticos? Fique por dentro de outros assuntos de saúde e estética bucal, curtindo a nossa página do Facebook!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *