A importância da ortodontia e sua relação com as funções essenciais para o corpo

Tempo de leitura: 3 minutos

A ortodontia é uma especialidade da odontologia que se dedica à correção do alinhamento dos dentes na arcada inferior e posterior.

Mais que uma questão estética, a importância da ortodontia passa pela saúde bucal e interfere na saúde geral, pois são inúmeros os problemas que os dentes tortos e mal posicionados podem causar ao organismo.

E não estamos falando apenas dos impactos na boca — que vão das dores no maxilar às cáries e doenças gengivais, podendo levar à perda de dentes — mas, também, dos reflexos em outras partes do organismo, como sistema respiratório, dores nos ouvidos e até mesmo na cabeça.

Neste artigo, vamos falar sobre a importância da ortodontia em diferentes aspectos da saúde, além de explicar por que é importante tratar os dentes tortos e contar com um especialista em ortodontia para ter sucesso no tratamento.

Qual a importância da ortodontia?

Ter os dentes corretamente alinhados e posicionados é essencial para as funcionalidades da mastigação, respiração e fala.

Anatomicamente, todo dente tem um par correspondente em cada uma das arcadas, inferior e superior, possibilitando um encaixe perfeito.

É esse ajuste que garante a força necessária para a trituração e deglutição dos alimentos, a passagem adequada de ar no processo respiratório e o movimento adequado da articulação temporomandibular (ATM), que une a mandíbula ao crânio, e possibilita o abrir e fechar da boca.

Dentes tortos e mal posicionados podem comprometer toda essa ordem de funcionamento, levando a dores e disfunções que vão além da boca, como veremos no próximo tópico.

Ao corrigir essas disfunções, a ortodontia devolve não apenas a beleza do sorriso, mas, também, a funcionalidade dos dentes e articulações.

Quais problemas de saúde podem ser causados por dentes tortos?

Para deixar ainda mais clara a importância da ortodontia, vamos listar alguns dos problemas de saúde que os dentes desalinhados podem causar:

  • enxaqueca — dentes desalinhados sobrecarregam a ATM, elevando a tensão no encontro com o crânio, causando enxaqueca;
  • dores de ouvido — a tensão sobre a ATM causada por dentes mal alinhados pressiona os nervos do canal auditivo que estão próximos a essa região, levando às dores no ouvido;
  • dores na coluna — a coluna está ligada à mandíbula por um tecido conjuntivo chamado de fáscia. Quando há uma disfunção da ATM, devido a dentes tortos, o estímulo doloroso passa por toda a extensão desse tecido, podendo ser sentido como dores nas costas;
  • problemas posturais — é comum que a falta de encaixe dos dentes seja compensada com uma inclinação de cabeça, o que interfere na postura corporal, levando a dores na coluna cervical.

Qual a relação entre ortodontia e respiração?

A relação entre dentes e respiração é uma via de mão dupla. Pessoas que respiram pela boca — especialmente crianças e adolescentes que estão no processo de formação da arcada dentária — podem desenvolver problemas ortodônticos, devido à pressão do ar sobre os dentes.

Por outro lado, quem tem dentes tortos e desalinhados pode desenvolver problemas respiratórios pelo fato dos dentes não se encaixarem perfeitamente, comprometendo a passagem regular de ar e contribuindo para distúrbios, como o ronco e a apneia do sono.

Por que contar com um profissional especializado em ortodontia?

O tratamento ortodôntico movimenta os dentes que precisam de correção, mas também interfere nos dentes saudáveis e pode ter impacto sobre a gengiva e toda a estrutura óssea. Por isso, é imprescindível que seja feito e acompanhado por um dentista especializado, para evitar traumas que comprometam os resultados esperados.

Lembrando sempre que a colaboração do paciente é imprescindível para o sucesso do tratamento.

Agora que você já sabe a importância da ortodontia para uma completa saúde bucal e geral, entre em contato conosco e agende sua consulta com um de nossos especialistas em odontologia e reabilitação oral!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *