Entenda as diferenças entre os tipos de prótese dentária

Tempo de leitura: 6 minutos

Entenda as diferenças entre os tipos de prótese dentária

Os dentes são fundamentais em nossa vida sob diversos aspectos, tanto para triturar alimentos quanto para dar um sorriso bonito.

A ausência de um ou mais dentes exige a utilização de alguns mecanismos para compensar essa perda. Para isso, há diversos tipos de prótese dentária disponíveis no mercado, e cada uma é recomendada para um caso específico.

Sabe-se que a aplicação dessas próteses melhora muito a vida do paciente, pois elas evitam problemas na mastigação e no momento da fala, além de oferecerem uma estética agradável à pessoa e elevar sua autoestima.

Quer conhecer mais sobre assunto? Acompanhe este texto e saiba mais sobre o uso das próteses dentárias, seus benefícios, os modelos disponíveis e para quais situações elas são mais indicadas. Boa leitura!

Uso da prótese dentária

Você já pensou em poder recuperar a sua autoestima e a funcionalidade dos seus dentes por meio de procedimentos que incluem a prótese dentária?

A técnica existe desde os primórdios da humanidade — há relatos de que alguns povos já substituíam seus dentes perdidos em séculos antes de Cristo.

Desde aquela época até os dias atuais, a perda de dentes é motivo de desconforto que vai além da estética. Essa ausência pode afetar a mastigação e até a fala dos indivíduos.

Dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) apontam que metade da população adulta tem apenas 20 ou menos dentes funcionais. Para esses casos, a melhor alternativa é recorrer a próteses dentárias.

Benefícios da prótese dentária

Ajuda na mastigação

Imagine os seus dentes como integrantes de um time de futebol, em que cada um tem sua função e importância. Se algum deles não puder entrar em campo, o time todo sofre com o desfalque, não é mesmo?

A ausência de um dente prejudica a mastigação, o que afeta diretamente o sistema digestivo. Afinal, os alimentos precisam ser corretamente triturados para evitar refluxos, bem como outros problemas gastrointestinais.

Melhora a fala

Com a ausência de um ou mais dentes, sua fala também pode ser prejudicada — pode ser que você não consiga nem pronunciar a letra ‘’f’’ sem tocar os lábios nos dentes.

Ao preencher o espaço do dente ausente (assim como fazem os jogadores reservas de um time de futebol), você pode se comunicar com mais facilidade.

Evita a movimentação dos dentes

Além disso, a prótese dentária ajuda a evitar a movimentação dos seus dentes — que ocorre devido ao espaço vazio existente na boca —, afastando a necessidade de usar aparelhos ortodônticos.

Por isso, é importante que você realize o procedimento de reposição dentária o mais rápido possível, para não prejudicar a saúde bucal. A sua autoestima e o seu bolso também agradecem!

Tipos de prótese dentária disponíveis no mercado

Prótese totalmente removível

A prótese total, popularmente conhecida como “dentadura”, é recomendada para as situações em que a pessoa perdeu todos ou a maior parte dos seus dentes.

Ela é fabricada sobre uma estrutura móvel, na qual são colocados os dentes de acrílico. Eles tomam a forma, a cor e o tamanho de acordo com os antigos dentes naturais da pessoa.

Uma das vantagens dessa prótese é a sua facilidade de instalação. No entanto, algumas pessoas têm medo da possibilidade de esse tipo de prótese cair ou até mesmo se perder. Quanto à higienização, é preciso ter cuidados especiais.

Prótese parcial removível

Se a pessoa ainda tem uma boa quantidade de dentes, pode ser indicada a utilização de uma prótese parcial removível. Ela é composta por conectores e grampos que são fixados aos dentes, os quais impedem que a prótese saia da boca devido à movimentação natural.

A vantagem dessa prótese é que ela é de fácil manutenção e não exige a extração ou o desgaste dos dentes remanescentes. A prótese parcial removível pode ser confeccionada em ligas de cobalto e cromo.

Prótese fixa

Mais conhecida entre as pessoas como “coroa” ou “ponte”, a prótese fixa é indicada quando um ou mais dentes foram removidos, seja devido a um traumatismo ou a complicações derivadas de uma cárie.

Ela pode consistir em apenas um elemento (coroa) ou mais de um (ponte fixa). Essa prótese é comumente fabricada com material de cerâmica.

É importante lembrar que se o dente do paciente não tiver passado por restaurações, o dentista deverá fazer o tratamento de canal antes de aplicar a prótese. Nos casos em que há diversas restaurações, não é preciso fazer o tratamento de canal.

Ainda no contexto de próteses fixas, há modalidade de prótese fixa sobre implante e existem diferentes tipos de próteses fixadas sobre eles:

  • uma coroa sobre um único elemento;
  • uma ponte fixa;
  • uma protocolo — prótese total fixada sobre implantes.

Uma vantagem muito interessante desse tipo de prótese está na sua independência de suporte dos dentes adjacentes.

Quando indicada de forma adequada, esse tipo de prótese consegue, com grande sucesso, substituir dentes danificados ou perdidos, restaurar a capacidade de mastigação e melhorar o aspecto estético.

Prótese flexível

Sendo uma versão mais moderna das próteses removíveis, a prótese flexível apresenta uma estrutura diferenciada. Em vez de grampos e selas, ela conta com uma resina flexível.

De modo geral, a prótese flexível é mais indicada para pessoas idosas e para servir como prótese provisória para situações em que o indivíduo passa por reabilitação.

Escolha da melhor prótese

Conhecer os tipos de prótese dentária disponíveis é fundamental para que você escolha o modelo certo. Mas isso não basta.

Como ocorre em todo procedimento que envolve saúde, é necessário contar com um bom profissional, que oriente e ajude você a sentir mais seguro em relação à prótese dentária.

Portanto, consulte um profissional de confiança, que seja especialista em próteses ou que tenha experiência na colocação de próteses dentárias, de modo que seja indicado o tratamento ideal para o seu caso.

Analise a cor das próteses levando em conta o que mais agrada você e\ou combina melhor com a coloração natural dos seus dentes.

Avalie o investimento necessário para a colocação de cada prótese. Leve em consideração o material utilizado, os procedimentos necessários e os benefícios de cada modelo.

Seguindo essas dicas, tantos os resultados estéticos quanto os ganhos em saúde bucal têm mais chances de serem efetivos.

Para evitar a perda de dentes, é essencial manter alguns cuidados diários. Por exemplo, escovar os dentes de forma adequada e usar o fio dental todos os dias são alguns dos caminhos para uma boa saúde bucal.

E aí, você gostou deste texto sobre prótese dentária? Então, aproveite a visita para assinar a nossa newsletter. Dessa forma, você recebe as atualizações na sua caixa de e-mail e fica por dentro dos nossos conteúdos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *