Crianças no dentista: 4 atividades lúdicas para auxiliar no tratamento

Tempo de leitura: 3 minutos

Quanto mais cedo começar a prevenção da saúde bucal, melhor. Por isso é tão importante levar as crianças ao dentista. Muitos pais têm receio de como será a cooperação do filho na consulta e acabam adiando esse atendimento.

Mas não há com o que se preocupar: os odontopediatras são capacitados para atender o público infantil e realizar os tratamentos necessários. Geralmente, a sala de espera e o consultório já são ambientados para receber as crianças, deixando-as bastante confortáveis.

E, para que seja uma experiência agradável, os profissionais utilizam atividades lúdicas que promovem uma boa aceitação e interação das crianças no momento em que estão sentadas na cadeira. Acompanhe este artigo e conheça 4 dessas técnicas!

1. Bonecos e fantoches

Brincar com bonecos e fantoches faz a criança se envolver com o atendimento odontológico, facilitando cada procedimento, seja para avaliar os dentinhos ou fazer a limpeza.

O dentista pode utilizar um bicho de pelúcia, como um dinossauro, que tenha dentes, e abrir a boca dele para mostrar o que fará na boca da criança, como colocar o espelhinho.

Pode, ainda, utilizar esse mesmo dinossauro para mostrar como deve ser feita a escovação.

No caso dos fantoches, o odontopediatra pode utilizá-los para conversar com a criança, como no momento de passar o flúor, falando que está passando um gel que serve como escudo contra bichinhos na boca.

Com essas atividades, fica mais fácil a aceitação dos pequenos, favorecendo o sucesso do tratamento.

2. Histórias de faz de conta

O dentista pode contar uma história, conhecida ou não da criança, e incorporar o passo a passo do tratamento no enredo.

No momento de colocar o jato de água na boca da criança, falar que é hora do banho do personagem; se precisar de anestesia, falar que ele vai levar uma picadinha de leve etc.

É usar a imaginação para envolver a criança que, caso esteja no dentista pela primeira vez, normalmente terá medo do desconhecido.

Contar histórias torna a consulta divertida e longe de ser qualquer trauma.

3. Músicas

Toda criança adora música, por isso ela pode fazer parte da consulta odontológica. O dentista pode ter uma playlist pronta no computador e colocar para tocar na hora do atendimento ou, se preferir, pode ele mesmo cantar uma cantiga.

A criança gosta de sentir que está em um universo lúdico e ficará bastante calma, o que facilita qualquer procedimento.

4. Desenhos animados

É muito comum encontrarmos consultórios de odontopediatria que já têm uma tela acoplada à cadeira do dentista.

Sabendo quais são os desenhos animados preferidos do paciente, fica fácil criar uma atmosfera em que ele se sinta familiarizado.

A criança ficará distraída com o desenho e, consequentemente, bastante relaxada para a consulta.

Os pais devem levar os filhos ainda bem pequenos para a primeira consulta, porém, é preciso que fiquem tranquilos e passem confiança a respeito do atendimento. Muitos adultos não tiveram boas experiências no dentista e transmitem esses medos aos pequenos.

Não fique apreensivo de levar as crianças ao dentista. É importante que elas se acostumem com as consultas periódicas para que levem esse hábito até a vida adulta. A odontopediatria se vale de inúmeras atividades lúdicas, que transformam em diversão o atendimento e as orientações de prevenção de saúde bucal.

Gostou de conhecer algumas técnicas para auxiliar o tratamento odontológico das crianças? Então, compartilhe este conteúdo com seus amigos nas redes sociais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *